Review: Hora de Aventura com Fionna e Cake

No dia 31 de agosto, um dos desenhos animados mais esperados deste ano teve seu lançamento na HBO Max. Após dois anos do seu anúncio oficial, Hora de Aventura com Fionna e Cake, ou simplesmente Fionna e Cake, chegou ao público trazendo a continuação das histórias dos personagens que foram apresentados no aclamado cartoon Hora de Aventura.
 
https://cdn.discordapp.com/attachments/1004951916519886919/1165403728870916207/FCR.png?ex=6546b9cd&is=653444cd&hm=e7d9e062edb995c6958e48c736d05fd4912b9a073e485987cf09c464d93ff69c&
 
Desde a aparição das versões femininas dos protagonistas do desenho original, Finn e Jake, nas fanfics escritas pelo personagem Rei Gelado, muitos espectadores passaram a desejar uma série completa que trouxesse mais tramas envolvendo o universo de Fionna e Cake. Dessa forma, Adam Muto, o qual teve uma grande participação na produção de Hora de Aventura, ficou encarregado de ser o showrunner do spin-off produzido pelo Federator Studios e pelo Cartoon Network Studios.
 
O desenho animado conta a história de uma dupla formada por uma humana - Fionna Campbell - e por uma gata - Cake, a Gata - que acaba embarcando em uma jornada inesperada após encontrar um portal para outro universo. Esse portal as leva para a Terra de Ooo, onde elas encontram Simon Petrikov, um antiquário do século XX, conhecido anteriormente como o Rei Gelado.

Antes desse encontro, os personagens estavam vivendo uma vida completamente entediante e sem sentido. Fionna é uma jovem adulta que passa por diversos empregos chatos na tentativa fracassada de pagar suas contas. Cake, assim que ganha a habilidade de falar, revela que gostaria de um pouco mais de independência e conseguir tomar suas próprias decisões. Já Simon ainda está lidando com o fato de ter perdido tanto seus poderes de gelo, sendo praticamente um humano do passado preso em um mundo mágico do futuro, quanto sua amada Betty, a qual se sacrificou para salvá-lo da insanidade provocada pela coroa do Rei Gelado.

Tudo isso faz com que Simon se sinta deslocado do mundo de Ooo, não conseguindo ter uma conexão com as pessoas ao seu redor.  Dessa forma, em uma tentativa desesperada para invocar GOLB, a entidade do caos com a qual Betty se fundiu em seu sacrifício, Simon realiza um ritual que falha e abre um portal em sua cabeça que traz Fionna e Cake para o seu mundo. Depois de muita confusão e discussões, os personagens descobrem que Fionna e Cake fazem parte de um mundo que não deveria existir e, por isso, todo o seu universo corre o risco de ser apagado.

Com isso, Simon, Fionna e Cake embarcam em uma épica aventura pelo multiverso para salvar o mundo que está sendo ameaçado. Entretanto, este não será um objetivo fácil, já que terão que enfrentar muitos desafios em cada universo que passam, além de estarem sendo perseguidos por um vilão extremamente determinado em eliminá-los.

https://staticg.sportskeeda.com/editor/2023/09/3fd62-16942648032564-1920.jpg 
Hora de Aventura com Fionna e Cake
 
Com toda certeza, posso dizer que Fionna e Cake é um grande acerto. O desenho animado traz muitas das características da animação original, como o humor hilário e bizarro, e uma história completamente fascinante, enquanto apresenta novos elementos que trazem um ar diferente para a produção.

Um dos principais pontos que caracterizam a obra, por exemplo, é que ela é muito mais madura. Afinal, essa é a primeira produção de Hora de Aventura que tem os jovens adultos como público-alvo. As piadas feitas são mais ousadas e direcionadas a uma audiência mais velha, além de que os temas abordados no enredo vão ao encontro de assuntos que constituem a vida de qualquer adulto. Esse fato é um dos maiores prós de Fionna e Cake, já que isso mostra que o desenho foi inteiramente feito para o público que acompanhava Hora de Aventura desde seu lançamento em 2010, sendo praticamente uma grande e bela homenagem para os fãs.

Atrelado a isso, o desenho é repleto de referências que todo aficionado de Hora de Aventura com certeza vai reconhecer imediatamente com um grande sorriso no rosto. No meu caso, a animação já me conquistou completamente no primeiro episódio mostrando as versões
genderbent dos personagens originais, desde os mais conhecidos como Marshall Lee (Marceline) e Gary Prince (Princesa Jujuba), até os mais secundários, como os Guardas Bananas.

Outros personagens do mundo do cartoon original também têm presenças muito marcantes, as quais já fazem o desenho valer a pena pela sensação enorme de nostalgia que sentimos ao vê-los na tela. O sentimento nostálgico é ainda maior ao ouvir suas vozes, já que o elenco, tanto na versão em inglês quanto na dublagem brasileira, praticamente se manteve o mesmo com a mesma qualidade presente em Hora de Aventura.

Marshall Lee e Gary Prince são apenas alguns dos vários personagens marcantes do desenho
 
Apesar de tudo em Fionna e Cake ser executado de maneira muito bem feita, com certeza a história é a melhor parte do desenho. Ao longo de Hora de Aventura, vimos que o Rei Gelado é, na verdade, Simon Petrikov, um pesquisador que estudava antigos artefatos junto de sua colega e, eventualmente, noiva, Betty Grof.

Em Fionna e Cake, esse relacionamento é mais explorado, mostrando como Simon ainda não conseguiu superar o sacrifício de sua amada para lhe salvar, o que faz com que ele relembre de todos os momentos bons que tiveram e que tenha que enfrentar o que havia de negativo e complexo entre os dois. Simon e Betty são um ótimo exemplo de como um grande amor pode se tornar um fardo pesado demais para lidar, o que torna a história deles minha parte favorita do desenho.

De certa forma, Simon acaba sendo o protagonista principal da animação, pois o enredo se desenrola de forma diretamente ligada às ações e aos problemas do personagem. Tendo em vista que as personagens fazem parte da vida de Simon desde quando ele era o Rei Gelado e que o final de Hora de Aventura não trouxe um desfecho para a sua relação com Betty, colocá-lo como elemento central desta história foi uma ótima decisão.
 
"Você foi tudo... tudo pra mim." - Simon Petrikov

Mesmo assim, os outros protagonistas não ficam relegados a apenas papeis secundários. Fionna, Cake, Marshall Lee, Gary e outros personagens possuem seus destaques devidos na história, tendo tramas e desenvolvimentos muito bem produzidos, os quais contribuem para o sucesso da animação. Ao se analisar mais profundamente o desenho, pode-se dizer que a trama de cada personagem tem um tema comum: mudanças. 
 
Cada um enfrenta desafios que são provocados pelas mudanças geradas naturalmente pelo fluxo da vida, com esses acontecimentos sendo importantes para o autoconhecimento dos personagens, o que leva à conclusão da história de cada um. Isso é algo que faz com que o espectador se conecte com a animação, já que mudanças e os desafios que surgem com elas naturalmente fazem parte da experiência humana.

As mudanças não trazem somente desafios. Elas trazem também novas conexões

E é claro que, como uma ótima obra que faz parte do universo de Hora de Aventura, Fionna e Cake não deixa a desejar na trilha sonora. As músicas, assim como no desenho original, têm um grande papel na forma como a história é contada, trazendo muito mais emoção e clareza sobre os sentimentos dos personagens. O destaque da trilha, na minha opinião, é a canção “Part of the Madness”, feita pela talentosíssima Rebecca Sugar, a qual já escreveu outras músicas para o desenho original, como “I’m Just Your Problem” e “Everything Stays”. As canções não são tão marcantes como as de Hora de Aventura, porém, isso não tira o mérito da trilha.
 

Com esses pontos principais da animação apresentados, posso dizer que Hora de Aventura com Fionna e Cake é tudo que eu precisava como um grande fã do desenho original desde os meus 9 anos de idade. Muitos elementos que tornaram Hora de Aventura um desenho único e marcante estão presentes em Fionna e Cake, porém há também novas características que fazem a história das contrapartes femininas de Finn e Jake ser tão boa quanto a deles. Os personagens e suas tramas são bem desenvolvidos, você se identifica com a história e o humor que são apresentados e relembra de todos os momentos marcantes que você teve com o primeiro desenho. 
 
Se você gostou tanto de Hora de Aventura como eu, com certeza Fionna e Cake será uma experiência maravilhosa para você!

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem